2011 certamente ficara na historia, que nâoseja pelo numero de candidatos…eles ja estâo a mexer ,  a coisa promete, e a democracia agradece. O risco de se ter um candidato para cada caboverdiano também é grande, mas que seria do homem sem correr risco, sem se equilibrar na ponta da navalha( mesmo quando nâo ha necessidade)? Certamente um ser ordinario,igual a milhoês de outros seres ordinarios…

Mas, ha sempre um (um mas,nâo um ser ordinario!) , quando a situaçâo ,os politicos,bancos  e outros entendidos no bolso do povo,dirâo , quando a conjuntura permite , muitos deixam o pacato envelope de ser humano ordinario, para se envolverem com a capa de Candidato Extraordinario à qualquer coisa , e como estamos em vespera (1 ano mais coisa menos coisa) de eleiçôes começam a surgir nomes,figuras,personagens novas, velhos conhecidos ,amigos ,velhos inimigos e outros adjectivos que nâo mencionarei pra nâo ferir a sensiblidade de cada qual… bom, passando ao que interessa (really matters?), da ilha ventosa , chega-nos o candidato numero uno (por ordem de apresentaçâo) , que nâo vez voltas à volta do pote, e meteu logo o focinho na papa de midje, pelo menos ninguém lhe tira a frontalidade (sem K, eh eh eh) , ponto positivo : conhece as infraestruturas;   ponto negativo : conhece as infraestruturas.

Num acto de cidadania impensavel, o Jornal da Hiena, coloca a disposiçâo dos leitores , um poster 50×70 cm do maravilhoso, unico, e indivisivel Manêl!! também conhecido no meio artistico de Fernando Pô, como Sr Infraestrutura :

Legenda : As Três Damas sâo : Infraestruturas, Transporte e Telecomunicâo